3,7 milhões ao ano para atendimento odontológico…

Via R7.com.br e AE

O Ministério da Saúde liberou R$ 3,7 milhões por ano para a manutenção de 38 novos CEOs (Centros de Especialidades Odontológicas) em 13 Estados do país. Com a ampliação, o número de CEOs sobe para 809 no Brasil ante 100 unidades em 2004.

– Antes, quem precisava de tratamento especializado tinha de pagar um dentista particular. Com a ampliação, permitimos a oferta de todos os cuidados, desde os básicos até os avançados, pelo SUS (Sistema Único de Saúde), diz Gilberto Pucca, coordenador Nacional de Saúde Bucal.

Com mais recursos melhora o atendimento público, todos saem ganhando! Mas será que essa quantia é suficiente?

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *