Bolha ou “bolhinha” na gengiva, o que é?

Apareceu uma bolha na minha gengiva o que é isso doutor?

Este questionamento é muito comum no consultório do dentista. Vários pacientes relatam a presença de uma bolha ou “bolhinha” na gengiva, que estoura (ou a própria pessoa estoura) e sai um líquido branco / amarelado parecendo pus e que surge e desaparece algumas vezes.

Além disso, muitos pacientes podem apresentar dor, sangramento gengival, inchaço, febre, dente com mobilidade (mole) e dificuldade para abrir a boca.

Fístula em dente de leite

Abcesso / Fístula em dente de leite

Realmente é o pus mas porque isso ocorre?

Muito provavelmente estamos diante de um caso de abcesso dentário com presença de uma fístula. Isso ocorre pois o organismo está sofrendo uma agressão (infecção) e o sistema imunológico precisa expulsar o que resulta da defesa para fora do corpo formando a tal “bolhinha” na gengiva.

A formação da fístula pode surgir em decorrência a uma agressão à polpa (nervinho) do dente ou até por um problema periodontal (gengiva).

A agressão à polpa normalmente é devido à presença de uma cárie que infectou o dente (pode ser também após um traumatismo, pancada etc..). O problema periodontal surge em decorrência de uma má higiene bucal (acúmulo de biofilme bacteriano, tártaro etc..).

Qual o tratamento?

Para eliminar de vez a tal “bolhinha” deve-se eliminar a infecção. No caso de uma infecção no canal do dente o paciente irá obrigatoriamente precisar realizar o tratamento de canal ou dependendo do estado que se encontra o dente deve ser feita a extração.

Caso seja uma infecção periodontal (gengiva) o tratamento consiste em raspagem, utilização de antissépticos e outros medicamentos.

Abcesso / Fístula

Abcesso / Fístula

É importante lembrar que a bolhinha na gengiva pode ocorrer tanto com dentes permanentes como em dente de leite! Procure seu dentista para um exame detalhado pois nem sempre a bolhinha pode ser fístula. Existem outros tipos de lesões que são semelhantes.

Fique atento. A não realização de um tratamento adequado pode originar problemas mais sérios como cistos ou outras lesões.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *