Caso de Cálculo / Tártaro Gigantesco

Dentistas brasileiros enviaram um caso clínico atípico para o British Dental Journal. A paciente apareceu em uma clínica dentária na cidade de Varzelândia, Minas Gerais apresentando edema facial, dificuldade na mastigação, fala e deglutição.

Na anamnese, verificou-se que a paciente era uma mulher de 64 anos com o hábito de mascar tabaco, quadro de desnutrição e comprometimento cognitivo. Observou-se que a lesão evoluia a mais de 20 anos e a paciente nunca havia procurado atendimento odontológico. Exames de sangue, glicemia e pressão arterial apresentaram resultados normais.

No exame intra-oral, os dentistas verificaram uma massa extensa, esbranquiçada-marrom, de consistência endurecida, sem hemorragias, envolvendo os arcos maxilar e mandibular do lado direito e chegaram a suspeitar de uma lesão neoplásica. Os dentes apresentavam doença periodontal severa.

A paciente foi submetida ao tratamento periodontal completo e foi comprovada por exame histopatológico (biópsia) (foto) que a “massa” era na verdade um enorme bloco de cálculo / tártaro.

Tártaro

Haja cureta, amigo…

  • Você pode ler o caso na íntegra clicando [aqui] .pdf
  • Os dentistas brasileiros que enviaram o caso: C. Borges Pereira, H. Martelli-Júnior, D. Reis Barbosa Martelli, P. Rogério Ferreti Bonan.

 

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Luiz Rodolfo disse:

    Nossa, haja punho também! Belo (???) caso.

  2. Dava para cobrar por quilo removido.

  3. Ana Tokus disse:

    Impressionante! Isso é trabalho pra britadeira! O.O

  4. Martha Matos disse:

    Santo Cristo! mesmo sendo mãe de dentista fiquei passada.

    o bom é que ela procurou ajuda ,realmente haja cureta e disposição ou seja muito trabalho

  5. junior disse:

    essa mulher deve ter pedido ao dentista o bloco de tártaro tirado da boca dela pra asentar ele no muro de sua casa.

  1. 25 de maio de 2011

    […] Um cálculo gigantesco, pra nenhum matemático ou periodontista botar defeito! –> OdontoBLOGia […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *