Luz UV do clareamento dental é prejudicial a pele e olhos!

Tratamentos com luz não trazem absolutamente nenhuma vantagem sobre os clareamentos sem UV, e os danos à pele e os olhos são até quatro vezes maiores que a luz solar, segundo relata um estudo da publicação Photochemical & Photobiological Sciences.

Aqueles que procuram ter um sorriso brilhante de Tom Cruise vão ter que ignorar reclamações de melhor clareamento pela luz ultravioleta.

O tratamento é, no mínimo, tão prejudicial para a pele e os olhos quanto pegar sol num parque em pleno verão – uma lâmpada realmente deu quatro vezes o nível de exposição à radiação.

Tanto as pessoas que adoram pegar sol normalmente como as pessoas com pele sensível à luz estão em alto risco, disse a autora principal do artigo, Ellen Bruzell do The Nordic Institute of Dental Materials.

Bruzell também constatou que branquear os dentes danifica-os. Ela viu mais ranhuras expostas na superfície do esmalte dos dentes branqueados que sobre dentes sem clareamento. Esses sulcos tornam os dentes mais vulneráveis ao estresse mecânico.

Clareamento dental é um dos mais populares tratamentos dentários cosméticos disponíveis. Ele usa um agente branqueador – geralmente de peróxido de hidrogênio – para remover manchas, como os de vinho tinto, o chá e o café, e tabagismo.

A luz ultravioleta é usada para ativar ainda mais o processo de oxidação, melhorar a eficiência do branqueamento. Os autores deste artigo dizem que existe muito pouca evidência substantiva para apoiar esta idéia, e seu novo estudo constata nenhum benefício em utilizar luz ultravioleta.

Royal Society of Chemistry (RSC) (2009, February 4). UV Light-enhanced Tooth Bleaching Dangerous To Eyes And Skin, Study Shows. ScienceDaily. Retrieved February 9, 2009, from http://www.sciencedaily.com­ /releases/2009/01/090129090214.htm


Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *