Alveolite: Causas e Tratamento

A alveolite é uma das complicações mais comuns após uma exodontia. Duvido que exista um dentista que faz cirurgia frequentemente que nunca tenha se deparado com um caso de alveolite. Ela ocorre pois durante o processo do reparo alveolar ocorreu uma degradação do coágulo sanguíneo. De um modo geral não apresenta manifestação radiográfica, mas em alguns casos na região do alvéolo podem se verificar áreas de sequestros ósseos.

Dentre as principais causas podemos destacar:

  • Suprimento sanguíneo insuficiente do alvéolo;
  • Infecção prévia à extração;
  • Traumatismo do osso alveolar;
  • Tabagismo;
  • Aumento da atividade fibrinolítica;
  • Utilização de contraceptivos;

A alveolite pode ser classificada em seca e úmida.

Alveolite: Causas e Tratamento

Alveolite Úmida

Na alveolite úmida ocorre a desintegração do coágulo sanguíneo entre o segundo e terceiro dia pós cirurgico. O paciente começa a sentir uma dor intensa e pulsátil, que não responde aos analgésicos, irradiada, gosto desagradável, odor fétido intrabucal e sinais e sintomas usuais de infecção. O coágulo presente apresenta a cor castanho-escuro ou um tecido de granulação infectado.

Na alveolite seca, o alvéolo apresenta-se vazio devido à falta de formação ou desprendimento do coágulo, com exposição das superfícies ósseas, áreas com necrose e falta de recobrimento epitelial.

Tratamento da Alveolite:

Protocolo usual:

  • Anestesia local por bloqueio;
  • Irrigar o alvéolo abundantemente com soro fisiológico ou clorexidina;
  • Na alveolite seca é ideal aplicar uma pasta medicamentosa no interior do alvéolo. Na úmida a utilização de uma cureta para a remoção dos restos necróticos é fundamental.
  • Reavaliação em 48 horas;
  • Prescrição de analgésicos de ação periférica a cada 4 horas (Paracetamol, Dipirona…)
  • Antibióticos só devem ser utilizados em casos onde ocorra a presença de sinais de disseminação local ou manifestação sistêmica do processo infeccioso.

 

Comments

  1. By Maria Helena Batista Guedes

  2. By Frank Botega

  3. By paula buzan

  4. By edison

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>