Odontologia em altitude

Um dos problemas que mais atrapalha os alpinistas é a dor de dente. Dificilmente alguma faculdade de odontologia ensina aos futuros dentistas as alterações que o corpo humano apresenta na altitude em escaladas de montanhas.

O colega Máximo Kausch escreveu um texto muito interessante onde relata que já fez vários procedimentos odontológicos (inclusive extração de molar) a 5700 metros de altitude.

É muito importante que antes de qualquer escalada, o alpinista faça um check-up médico e odontológico pois as alterações de pressão modificam o comportamento da flora bacteriana bucal e das restaurações de resina composta e amálgama.

A atenção se faz necessária porque manter a higiene bucal durante uma escalada é praticamente impossível pois conseguir água na montanha dá muito trabalho.

Segundo o dentista montanhista, um kit básico para tratamento odontológico em montanha é:

  • Cimento temporário como IRM;
  • Espátula;
  • Algodão;
  • Espelho odontológico;
  • Óleo de Cravo;
  • Amoxicilina e Metronidazol;
  • Ibuprofeno ou similar;

A dica do post foi do próprio autor, Máximo Kaush.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *