Viciados em clareamento dentário: Bleachorexia

A busca incessante por um sorriso perfeito associada à facilidade em adquirir o material clareador tem levado muitas pessoas a abusarem dos clareamentos dentários. Muitos pacientes chegam ao ponto de sofrerem do distúrbio que, nos Estados Unidos é chamado de Bleachorexia. Lá, a Branqueiomania (tradução tosca) é considerada  uma síndrome.

A facilidade de acesso aos produtos de claremento dentário pelos americanos contribui e muito para a Bleachorexia. Um cidadão pode comprar uma caixa de tiras de clareamento por $40 dólares e usar sem qualquer acompanhamento.

Aqui no Brasil, até pouco tempo, qualquer pessoa podia ir em uma dentária e comprar as “seringas” de claremento caseiro, mas aos poucos alguns estados estão aprovando leis que obrigam o número do CRO do profissional nas notas fiscais evitando que qualquer pessoa compre produtos odontológicos.

Da mesma forma que ocorre com pacientes com anorexia, na bleachorexia o indivíduo distorce os padrões estéticos, não tendo consciência dos limites racionais.

O abuso dos clareamentos dentários pode levar à problemas estéticos, sensibilidade dentária excessiva, sangramento e retração gengival, perda de extrutura do esmalte e necrose pulpar.

Lembre-se: o clareamento dentário é um tratamento seguro, desde que você reconheça seus limites e, principalmente, tenha o acompanhado de  um dentista.

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *