AFTA: o que é e o que fazer para se livrar do desconforto?

O que é Afta?

A afta (Ulcera aftosa recorrente) é uma das lesões mais comuns na cavidade oral. Normalmente a afta tem um aspecto ulcerado de tamanho bem pequeno e delimitado em diferentes pontos da boca ou de forma isolada. É comum observar um exsudato branco sobre a úlcera circundado por um halo bem avermelhado.

afta

Ulcera aftosa

Quais as causas?

Não existe uma causa definida para o aparecimento das lesões de fato. Podem surgir de forma espontânea ou ao mínimo trauma (mordidas, batidas etc..) e sua cicatrização ocorre de forma espontânea.

O estresse e alterações hormonais também pode estar relacionado com o aparecimento da afta na boca. Podem surgir também após o consumo de determinados alimentos como chocolate, amendoim, café, alimentos cítricos ou então alimentos com glúten.



Quais os tipos de afta?

  • Menor: Cerca de 80% das úlceras são desse tipo e pode ser única ou múltipla. O tamanho não passa de 1cm de diâmetro e então regride espontaneamente em até 14 dias;
  • Maior: Corresponde a 10-15% dos casos. Pacientes relatam uma dor severa e o tamanho é superior a 1cm. Qualquer parte da mucosa oral pode ser afetada e demoram até 6 semanas para regredir e costuma então deixar cicatriz.
  • Herpetiforme: É muito mais rara que as anteriores e são múltiplas (semelhantes a herpes) de até 3mm de diâmetro. Pode assim ocorrer em qualquer parte da mucosa oral e levam até 14 dias para regredir;

Qual o tratamento e remédio para a afta na boca?

O principal incomodo do paciente de ulcera aftosa é a dor. Portanto o foco principal no tratamento é no seu alívio e que a mesma não seja tão recorrente.

Assim, pomadas e soluções específicas para bochecho tem resultados satisfatórios e devem ser prescritos pelo seu dentista de confiança. Aplicações de laser de baixa intensidade também apresentam resultados muito positivos.

O exame do cirurgião dentista é fundamental pois lesões ulcerosas com mais de 3 semanas de persistência podem esconder problemas bucais de maior gravidade.

3 Comentários

  1. Isaah Santos 29 de novembro de 2011
  2. magda 25 de Março de 2012
  3. magda 25 de Março de 2012

Faça sua pergunta