Curativo no dente: O que é e para que serve? - odontoBLOGia

Curativo no dente: O que é e para que serve?

Curativo no dente: tire suas dúvidas

Existem diversas ocasiões em que o dentista necessita aplicar um curativo no dente do paciente. Muitas vezes o tratamento a que o dentista se propõe a realizar não pode ser finalizado em apenas uma sessão clínica.

Para o paciente não ir embora com o dente “aberto” bem como exposto aos fluidos bucais e possíveis infecções, utilizamos os materiais para selamento provisório / curativos.

Curativo no dente

Selamento provisório com Ionômero de Vidro

Quais materiais são utilizados?

Os materiais mais comumente utilizados para selamentos provisórios são o cimento de ionômero de vidro, IRM, cotoflex ou cotozol entre outros.

Quanto tempo posso ficar com um curativo?

O mínimo possível. Muitos pacientes apresentam um alívio na sintomatologia dolorosa ou se sentem seguros logo após uma cavidade ser recoberta pelo material provisório e não procuram mais o dentista.

Voltam à consulta apenas quando o dente começa a doer novamente. Muitas vezes já é tarde demais. Assim a infecção pode retornar, as cáries que não foram totalmente removidas podem destruir mais ainda o dente e o risco de perde-lo é real.

Curativo está dolorido e com gosto ruim

Se o dente que apresenta o curativo está doendo procure imediatamente atendimento odontológico. Um novo deve ser feito e nova medicação deve ser aplicada (no caso de um curativo para tratamento de canal).

Alguns pacientes acabam relatando um gosto ruim logo após fazer o curativo.  Possivelmente é devido a alguma infiltração que deixa extravasar o gosto da medicação colocada dentro do canal.

Posso remover o curativo do dente em casa?

Não. Se o curativo cair procure imediatamente o dentista. Os materiais quando aplicados apresentam certa rigidez e apenas com a utilização de brocas apropriadas enfim o material pode ser totalmente removido. Assim qualquer manobra inapropriada pode resultar em fraturas, dor e até perda do dente.

Portanto lembre-se: o curativo no dente não é restauração definitiva. Afinal, quanto mais rápido for feita a intervenção definitiva maiores são as chances de sucesso no seu tratamento.

Um Comentário

  1. Ronaldo 17/06/2018

Faça sua pergunta

error: ODONTOBLOGIA - 2008 - 2018