Qual a época certa para colocar aparelho ortodôntico? - odontoBLOGia

Qual a época certa para colocar aparelho ortodôntico?

Afinal, qual a época certa para colocar aparelho ortodôntico?

Reunimos algumas informações que consideramos importantes na hora de avaliar ou encaminhar a criança para tratamento ortopédico/ortodôntico. Qual será a época certa para colocar aparelho ortodôntico?

Com a significativa redução da cárie dentária em crianças e adolescentes nas últimas décadas, mais atenção tem sido direcionada a outros problemas bucais como as más oclusões, o que torna importante a clara definição de critérios de diagnóstico a fim de facilitar o planejamento das ações de prevenção e de assistência.

Dentição mista: maloclusão ou características normais?

A dentição mista (dentes de leite e permanentes na boca) é marcada por diversas mudanças no arco dentário e faz parte do desenvolvimento normal o aparecimento de algumas características oclusais transitórias, muitas vezes confundidas com má oclusão.

Um período característico deste estágio da dentição é a fase do ” patinho feio”. Ocorre quando os incisivos superiores apresentam-se projetados vestibularmente (para frente), divergência do longo eixo de apical para incisal, sobremordida profunda e diastemas (espaço entre os dentes).

Outra característica desta etapa é a presença de incisivos inferiores desalinhados, que não devem ser corrigidos precocemente, pois na maioria das vezes apresentam melhora ao final da dentição mista.

Qual a época certa para colocar aparelho?

Qual a época certa para colocar aparelho?

Qual a época ideal?

Apesar de a ortodontia poder melhorar um sorriso em qualquer idade, existe uma época ideal para começar o tratamento. Iniciando o tratamento neste momento, garante um melhor resultado e menos tempo de tratamento e despesa.

A Associação Americana de Ortodontistas recomenda que a avaliação inicial ortodôntica deva ocorrer nos primeiros sinais de problemas ortodônticos ou o mais tardar até 7 anos de idade. Nessa idade precoce, o tratamento ortodôntico pode até não ser necessário, mas a análise atenta pode antecipar o momento mais favorável para iniciar um tratamento.

Aos 6-7 anos de idade, com a irrupção dos primeiros molares permanentes, se institui a mordida posterior da criança. Neste período, um ortodontista pode avaliar a relação dentária antero-posterior, transversal e vertical. Por exemplo, a presença dos incisivos em erupção pode indicar possíveis sobremordida, mordida aberta e apinhamento.

Quais as vantagens do tratamento precoce?

Alguns dos resultados diretos do tratamento são:

  • criação de espaço em apinhamentos para irrupção (nascimento) dos permanentes;
  • obtenção de simetria facial para um bom desenvolvimento da mandíbula;
  • redução do risco de trauma para dentes em sobremordida (em protrusão);
  • preservar espaço para os dentes não irrompidos;
  • reduzir a necessidade de extrações dentárias;
  • reduzir o tempo de tratamento com aparelhos.

Um Comentário

  1. Anonima 17/06/2014

Faça sua pergunta

error: ODONTOBLOGIA - 2008 - 2018