Estudantes de odontologia aprendem com VR

A maior escola de odontologia da Europa fica no King’s College de Londres e é lá que os estudantes de odontologia estão tendo a oportunidade de utilizar a realidade virtual para praticarem. Os alunos estão utilizando um dispositivo chamado hapTEL ou Mandíbula Virtual.

A verdadeira finalidade da “mandíbula virtual” é que os estudantes tenham a noção da correta pressão que devem exercer. Tanto em um dente hígido como em dentina cariada no momento de utilizar a caneta de alta-rotação.

Estudantes de odontologia utilizando o hapTEL

Estudantes de odontologia utilizando o hapTEL

Odontologia com realidade virtual

Um dos profissionais que liderou o projeto foi a professora Margaret Cox. Ela informa que “Quando os primeiros estudantes aprendem, eles aplicam muita força à broca e acabam desgastando incorretamente o dente e muitas vezes atingindo a gengiva – o que seria desastroso em um paciente real. Este dispositivo acaba permitindo que o aluno adquira mais habilidade e velocidade”.



Como estudantes de odontologia utilizam o sistema?

O aluno utiliza óculos que produzem uma mandíbula 3D na tela do computador. Painéis sobre a borda do óculos, e uma câmera de monitoramento na cabeça permitem que a imagem da mandíbula mova-se em relação à posição da cabeça do estudante. Dessa forma, permitindo-lhes a experiência do mundo real de examinar os dentes de diferentes ângulos.

Segundo os desenvolvedores do projeto, o Manequim em 3D é também muito mais barato. Enquanto um manequim odontológico convencional custa para a escola de 30mil a 40mil libras o hapTEL custa 10mil libras.

Faça sua pergunta

error: ODONTOBLOGIA - 2008 - 2018