Língua geográfica e língua fissurada: aspectos clínicos e tratamento

Língua Geográfica

A língua geográfica (também conhecida como Glossite Migratória Benigna) consiste em várias áreas de descamação das papilas filiformes do dorso lingual (erosão) que se reparam espontaneamente e acometem outro local da língua, dando a impressão de migração.

Língua Geográfica - Estomatologia

Língua Geográfica

Muito comum em crianças, e parece haver uma tendência de sofrer remissão espontânea por volta do início da adolescência. Existem trabalhos científicos que apontam uma possível correlação da língua geográfica com psoríase.

Não existe cura para esta condição pois ela se mostra mais como uma característica hereditária. Alguns pacientes relatam dor, queimação e grande incômodo ao ingerir alimentos quentes, ácidos, apimentados ou muito salgados. Muitos não sentem absolutamente nada.

O que utilizar para amenizar o desconforto?

A utilização de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos, corticoides, bochechos com antissépticos e aplicação de pomadas anestésicas em muitos casos dão bons resultados. Procure seu dentista para que ele possa definir qual o melhor tratamento para o seu caso.

Língua Fissurada

A língua fissurada é também denominada como língua escrotal e caracteriza-se pelos numerosos sulcos ou ranhuras no dorso lingual em diferentes direções. É comum pacientes relatarem dor ao contato de alimentos ácidos na superfície da língua fissurada. O aspecto é bem característico pois tem-se a impressão que a língua está toda “cortada”.



Por isso é fundamental uma boa higiene bucal para que os sintomas não se agravem. Restos de alimentos podem se acumular nas fissuras gerando ardência e mal hálito. Evite também a ingestão de alimentos ácidos (sucos de laranja, limão ou abacaxi) pois a ardência irá incomodar bastante.

Não existe um tratamento para que a língua fissurada “suma”. O paciente deve se adaptar a esta condição e tentar minimizar ao máximo seus efeitos adversos.

Procure seu dentista de confiança para definir qual o melhor tratamento e orientações.

Língua Fissurada

Língua Fissurada

Então, para artigos científicos sobre estas patologias clique aqui.

84 Comentários

  1. Sara Raquel Moreira 27/11/2011
  2. Anonimo 26/12/2011
  3. Ana Claudia 03/01/2012
  4. wesley 11/01/2012
  5. joel ribeiro 13/01/2012
  6. Frank Botega 16/01/2012
  7. diogo 29/01/2012
  8. wyllian 24/02/2012
  9. LUCIANA 17/04/2012
  10. Louise 09/05/2012
  11. pedro 11/05/2012
  12. sandra 22/05/2012
  13. Jo 06/06/2012
  14. rodrigo 09/06/2012
  15. izamar villas boas pedroso 15/06/2012
  16. florescencio 03/07/2012
  17. jane 18/07/2012
  18. Eduardo 23/07/2012
  19. jeni 25/07/2012
  20. Bruno 29/07/2012
  21. ANA MARILZA CEDRAZ 08/08/2012
  22. fobias fobos 08/08/2012
  23. Ezequiel Junior de Souza 08/08/2012
  24. thiego pereira 20/08/2012
  25. Valéria Dias 13/10/2012
  26. Denise 31/10/2012
  27. ANONIMA 02/11/2012
  28. Douglas 20/11/2012
  29. Jheyne 25/11/2012
  30. JOSE PAULO VIEIRA 10/01/2013
  31. Murilo Loureiro 17/01/2013
  32. Jamille 22/02/2013
  33. regina 24/05/2013
  34. Frank Botega 22/06/2013
  35. Lingua 27/06/2013
  36. neide 30/06/2013
  37. Bethina Winits 01/07/2013
  38. beatriz 08/08/2013
  39. Luiza 24/08/2013
  40. jão 30/09/2013
  41. Carol 10/10/2013
  42. thalia 23/10/2013
  43. João Carlos Rosado 26/10/2013
  44. Frank Botega 01/11/2013
  45. julia 22/02/2014
  46. Diogo Raphael 03/03/2014
  47. by Andressa 18/03/2014
  48. PATRÍCIA OLIVEIRA 09/04/2014
  49. Frank Botega 12/04/2014
  50. Frank Botega 12/04/2014
  51. Caio 17/04/2014
  52. Carolina 21/04/2014
  53. FERNANDA LIMA 11/05/2014
  54. Gustavo Da Silva Curioso 19/05/2014
  55. Frank Botega 10/06/2014
  56. Frank Botega 10/06/2014
  57. Frank Botega 10/06/2014
  58. alciney 10/07/2014
  59. Jeferson Pereira 02/08/2014
  60. HILTONC 05/08/2014
  61. luciana 06/08/2014
  62. Desesperada por uma solução 20/08/2014
  63. anônima 02/09/2014
  64. Fran 15/09/2014
  65. Daniela 29/09/2014
  66. Frank Botega 03/10/2014
  67. Adriana 06/11/2014
  68. yure 06/01/2015
  69. Patricia 30/04/2015
  70. Roseli 17/07/2015
  71. paula 14/09/2015
  72. Milena 24/09/2015
  73. jeni 09/10/2015
  74. Elida Correa 30/10/2015
  75. Jhuly 10/12/2015
  76. Sara 21/12/2015
  77. nara 23/03/2016
  78. daniely larios ladesco 12/04/2016
  79. Aninha 29/04/2016
  80. Jean 03/05/2016
  81. Meira 20/05/2016
  82. Gustavo 19/08/2016
  83. Gustavo 19/08/2016
  84. Andressa 04/09/2016

Faça sua pergunta

error: ODONTOBLOGIA - 2008 - 2018