Tratei o canal e o dente quebrou. O que fazer?

Um questionamento que sempre recebemos nas redes sociais ou no consultório é: Doutor, tratei o canal e o dente quebrou. O que devo fazer e porque isso acontece?

Quando um dente é submetido ao tratamento de canal o dentista é obrigado a fazer uma certa quantidade de desgaste no mesmo para atingir a câmara pulpar e o canal (ou canais dependendo do dente).

Sempre buscamos desgastar o mínimo possível do dente mas muitas vezes os dentes tem cárie e o desgaste acaba sendo maior. Obviamente esse desgaste acaba deixando a estrutura do dente mais fragilizada.

É importante salientar que não é somente a questão do desgaste que fragiliza o dente. Perder a polpa dentária elimina células importantes que nutriam o dente tornando-o mais resistente e menos “friável”.

Sequência simplificada de um tratamento de canal em dente Molar. via

Tratei o Canal e o dente quebrou. O que fazer?

Após o tratamento de canal finalizado é obrigatório fazer uma restauração do dente para preencher o desgaste que foi feito para acessar a polpa (nervo) do dente.

Tratei o canal e o dente quebrou

Dente com coroa fraturada

Dependendo da extensão do desgaste é feita uma restauração com ionômero de vidro + resina composta por exemplo. Em cada caso o dentista utiliza técnicas para que o dente e a restauração tenham a maior longevidade possível.

Se seu dente quebrar procure imediatamente o dentista. Ou será feita uma nova restauração ou dependendo do caso seja necessário realizar uma coroa protética com pino núcleo metálico fundido, fibra de vidro etc..

É importante que logo que o tratamento de canal for concluído seja realizada a restauração definitiva. Assim, micro-infiltrações e possíveis fraturas são evitados.

Existem diversos tipos de fratura e diversos tipos de tratamento. Somente seu dentista de confiança poderá definir qual a melhor forma de tratamento. Portanto nada de desespero se “Tratei o canal e o dente quebrou”.

2 Comentários

  1. Taissa Inamônico 21 de Abril de 2018
  2. monica 8 de Maio de 2018

Faça sua pergunta

error: ODONTOBLOGIA - 2008 - 2018